Elasticidade e Escalabilidade, conhecendo algumas belezas da nuvem

Estas são duas das principais características de serviços na nuvem e elas abordam dois momentos diferentes no ciclo de vida de uma empresa. Elasticidade na nuvem se aplica às necessidades táticas de curto prazo, enquanto a Escalabilidade suporta as necessidades de longo prazo da empresa, ou estratégicas.

Elasticidade

A Elasticidade proporcionada pela computação em nuvem permite às empresas reduzir dinamicamente as capacidades computacionais dos serviços contratados baseado na demanda atual da organização.
De acordo com uma obra de referência, a elasticidade é definida como “o grau em que um sistema é capaz de se adaptar à carga de trabalho, provisionando recursos de forma autônoma, de tal modo que em cada ponto no tempo os recursos disponíveis correspondem à demanda atual de cada cliente. ”.

Vamos ilustrar a elasticidade através do simples exemplo de uma loja virtual ou e-commerce. Em momentos do dia em que o site possui muitos acessos, as capacidades computacionais do serviço de nuvem utilizado pelo site podem ser aumentadas, garantindo bom desempenho e experiência para os consumidores/usuários da loja. Da mesma forma, em momentos em que o site tem menos acesso, durante a madrugada por exemplo, tais recursos computacionais podem ser reduzidos, garantindo não apenas o desempenho necessário para suportar a demanda atual, durante esse horário onde a procura por produtos é menor, mas também reduzindo o custo com recursos computacionais utilizados pelo site.

Pense em Elasticidade como, essencialmente, um grande conjunto de recursos que podem, ou não, ser utilizados a qualquer momento. Se você está criando o novo Facebook ou Instagram, você espera que milhões de pessoas no mundo inteiro utilizem a sua aplicação eventualmente. Porém se o seu crescimento foi exponencial, como o dessas empresas, algo como que do dia para a noite, você talvez precise alocar recursos rapidamente para suportar essa demanda inesperada, a elasticidade garante que você consiga aumentar as capacidades computacionais dos serviços que suportam a sua aplicação de forma rápida, de modo a garantir bom desempenho aos seus usuários.

Escalabilidade

Escalabilidade, por outro lado, permite que as empresas atendam as demandas esperadas para os próximos meses e/ou anos, sem a necessidade de grandes investimentos em infraestrutura, ou despesas de capital – CAPEX, conforme discutido no nosso último post  – Trocando CAPEX por OPEX com a nuvem. Uma empresa saudável tem seus altos e baixos ao longo de períodos curtos de tempo, mas a tendência natural é o crescimento a longo prazo.

A escalabilidade é um nível previsível de recursos que deverão ser alocados para suportar as demandas da sua organização, a qual você planeja que os sistemas da sua empresa irão exigir ao longo do tempo. É claro que Escalabilidade está muito ligado a Elasticidade, afinal você tem a capacidade de escalar de forma rápida e fácil quando você precisar de mais ou menos recursos, mas o segredo em ser escalável é o de antecipar as demandas da sua organização para um determinado período de tempo.

Por exemplo, vamos supor que a sua empresa possui atualmente mil usuários que irão utilizar um conjunto de aplicativos que você deseja colocar na nuvem. Você sabe que você precisa ter um determinado nível de capacidade computacional se todos os mil usuários estiverem conectados ao mesmo tempo. Você pode até fazer uso da elasticidade, como a de adicionar mais recursos de forma rápida para suportar novos duzentos ou trezentos usuários, mas a escalabilidade está mais relacionada com crescimentos planejados.

Duzentos novos usuários representariam, ao menos, 20% a mais de recursos alocados do que os previstos inicialmente. Esse crescimento não necessariamente foi planejado, especialmente quando uma empresa literalmente “estoura” no mercado, mas com um planejamento correto, para a maioria das organizações, é possível ter uma ideia de que um negócio irá crescer 20% nos próximos X meses ou anos e planejar o crescimento computacional escalável.

Quanto menor for o seu negócio, mais essa idéia se se aplica. As previsões o ajudam a realizar o seu planejamento de capacidade em uma base anual, semestral ou trimestral. Se o negócio está crescendo rapidamente você pode avaliar a sua capacidade até mesmo mensalmente, uma vez que a nuvem te garante essa flexibilidade.

Resumindo, a Escalabilidade é muito mais específica e gradual do que a Elasticidade. Ela está relacionada com um crescimento controlado por você e seu provedor de serviços de nuvem, por isso é importante ter em mente o crescimento natural da sua empresa e como a computação em nuvem pode ajudá-lo a chegar lá.

Esses dois conceitos básicos são extremamente relevantes para que você entenda um pouco melhor como a nuvem pode apoiar sua organização a entregar um melhor desempenho e experiência aos seus clientes, internos ou externos, garantindo também a otimização operacional e financeira.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial