7 razões pelas quais as pequenas empresas devem adotar Cloud Computing

 

Cloud Computing talvez seja a tecnologia mais eficiente da última década. Ela oferece uma alternativa versátil ao armazenamento e processamento local, já que a sua empresa pode armazenar informações e processar seus workloads em uma plataforma externa. Isso mudou a forma como as empresas competem no mundo atual, no entanto, isso se tornou uma parte tão normal de nossas vidas que, mesmo que você não perceba, provavelmente você está usando a nuvem. Na verdade, o uso da Cloud é muito comum no nosso dia a dia, por meio de mídias sociais, transações on-line e ao checar seus e-mails, por exemplo. 

Existem grandes vantagens com a utilização da nuvem. É por isso que as taxas de adoção subiram consideravelmente nos últimos anos. Esses benefícios são especialmente importantes para startups e pequenas empresas.

Se você é uma pequena empresa ou startup e ainda não começou a usar de forma efetiva a nuvem, você definitivamente deveria começar a planejar a sua migração. 

Neste artigo você entenderá como a nuvem passou de uma opção viável a uma necessidade moderna para empresas que queiram ter vantagens competitivas nos dias de hoje. 

Custos iniciais mais baixos

Uma das primeiras vantagens da nuvem é a possibilidade de utilizar a mesma tecnologia que grandes empresas usam para manter sua vantagem competitiva, mesmo que você seja uma pequena empresa. Exatamente, mesmos alguns softwares que possuem um custo de aquisição extremamente caro, você tem a opção de pagar como serviço na nuvem, sendo a cobrança realizada por mês, hora ou minuto. Não importa se você precisa de um super computador para editar vídeos para produção criativa, um gerenciador de banco de dados extremamente robusto ou uma solução de e-mails e colaboração empresarial. Os custos iniciais associados a esses pacotes de software e suas licenças podem custar milhares de reais. Quando você tem um orçamento apertado, a melhor opção é ir para a nuvem, onde você paga uma taxa menor distribuída ao longo do tempo. Essa é apenas uma das muitas áreas nas quais a tecnologia baseada em cloud pode fazer a diferença entre o sucesso ou a falha financeira de sua empresa. 

Acesso a qualquer hora, em qualquer lugar

Ser de fácil acesso é outro grande benefício sobre cloud computing. Você pode acessar a maioria dos programas e serviços a partir de qualquer dispositivo conectado à internet, usando um navegador da web ou aplicativo. Isso é ótimo porque agora você não precisa estar no seu escritório para poder trabalhar. Você pode acessar do seu laptop enquanto viaja ou em seu smartphone ou tablet durante o trajeto. O custo de acesso é vinculado à taxa de serviço periódica, o que permite certa economia de dinheiro, baseado no uso efetivo de cada serviço ou software.

Dimensionamento da Infraestrutura

Escalar sua infraestrutura baseada em cloud é uma maneira rápida e fácil de expandir seus negócios. Por exemplo, empresas de e-commerce possuem workloads imprevisíveis. Um aumento inesperado de popularidade pode sobrecarregar seus servidores, o que afetaria a experiência de seus clientes quando eles mais precisam. Uma das vantagens da nuvem é a elasticidade e escalabilidade que ela fornece, ou seja, quando você precisa de mais recursos, eles estarão lá para suportar uma possível sobrecarga ou o crescimento rápido do seu negócio. Isso beneficia a sua pequena empresa tornado-a mais eficiente, barata e responsiva à demanda. Como você paga apenas pela carga dos serviços necessários para manter seus workloads, seus custos podem ser redimensionados conforme o seu uso, o que lhe trará uma forma mais econômica de trabalhar. Isso faz com que o conceito de comprar servidores para suportarem seus workloads durante três, quatro ou cinco anos, de forma local, se torne uma coisa do passado.

Backups e Recuperação

A segurança da informação ainda é um grande obstáculo para as pequenas empresas. Como as ameaças evoluem rapidamente, as pequenas empresas geralmente não conseguem manter uma defesa completa de sua infraestrutura crítica. Isso é assustador porque, em 2017, um estudo conduzido pelo Better Business Bureau no Canadá e EUA, identificou que apenas 35% das empresas acreditavam que permaneceriam lucrativas por mais de três meses se perdessem acesso a seus dados críticos. Quando você armazena seus dados na nuvem, é possível criar mecanismos que garantirão resiliência do gerenciamento de informações e seus respectivos dados, além de poder utilizar soluções de Disaster Recovery de forma rápida e com um custo mais acessível. 

Requisitos de Hardware Inferiores

Com a nuvem, também é mais fácil diminuir as despesas vinculadas à aquisição de hardware, uma vez que você não precisa manter seu próprio servidor. Você também não precisa investir em licenciamento de diversos softwares de uso local. Em vez disso, você precisa apenas garantir uma boa conexão com a internet para que seu acesso aos serviços na nuvem sejam realizados de maneira rápida e confiável.

Atualizações de software 

Nem todas as pequenas empresas conseguem manter um suporte técnico interno. Isso é algo que você não precisa mais se preocupar com o uso de algumas soluções em nuvem. Para Softwares como Serviço (SaaS), como o Office 365 e outros produtos que atuam em necessidades específicas, por exemplo, você não precisa pagar para que uma empresa ou pessoa instale e configure seu software, atualize em todos os dispositivos em intervalos regulares ou certifique-se de que ele seja compatível com seu sistema operacional. Tudo o que você precisa é de um simples navegador web ou aplicativo, o restante fica com o provedor SaaS. Nesse modelo, você nunca será pego usando uma versão de software antiga porque você não tem dinheiro para atualizá-lo, por exemplo.

Faça mais com menos

Sem dúvidas, o argumento mais forte para a adoção da nuvem por pequenas empresas é sua relação custo-benefício. Isso se dá, pois a cloud elimina a necessidade de armazenamento físico e de diversos profissionais de TI para manter sua infraestrutura local. Economias adicionais também são possíveis, pois com a nuvem você paga apenas pelo o que usa e quando usa. Isso evita que você pague pelo espaço de armazenamento e capacidade computacional que você precisaria para os próximos anos de forma antecipada. Em vez disso, você simplesmente ajusta sua capacidade de armazenamento e processamento junto ao seu Cloud Provider e, em seguida, paga de acordo com a sua demanda.

É claro que a nuvem traz diversos outros benefícios que não mencionamos neste artigo. Por isso, se você quiser entender, com mais detalhes, como a cloud pode ajudar a sua empresa a ir além, entre em contato com o nosso time de especialistas para ajudarem a sua empresa em sua jornada para a nuvem.

Acompanhe a Kumulus nas redes sociais: